Aikido em três lições fáceis

1 – Sinta aonde você está

Aikido e o caminho da harmonia entre o espírito e a energia do Universo. Você tem que sentir você e o colega, isto leva ao primeiro princípio. O primeiro básico e o estado de presença. E capacidade de sentir. E sentir aonde você está. E a capacidade de focalizar, a sensibilidade em atenção. Inicialmente, traga esta atenção para o corpo e depois expanda esta atenção para toda a sua vida. Sentir onde você está significa se localizar dentro do seu próprio corpo. Descobrindo aonde você está tenso ou desconfortável. Também significa descobrir onde você está relaxado ou aonde sua energia trabalha mais livremente. Use o seu corpo como um instrumento deste princípio. Esse princípio abrange sentir aonde você está mental e emocionalmente. Comece percebendo a sua atitude pessoal e prossiga verificando suas relações com o mundo. Sinta aonde você está no espaço, sinta aonde você está em relação a outra pessoa. Verifique como você está em relação as atitudes e emoções das outras pessoas. Prestando atenção aonde você está faz com que você verifique aonde e necessário chegar, como descobrir aquilo que precisa ser feito para chegar ate lá. Não e possível chegar a nenhum lugar se não soubermos aonde estamos agora.

2 – Estabeleça uma abordagem sem choque: Harmonia

O segundo princípio e criar uma relação sem resistência, sem choque. Uma abordagem, uma aproximação sem resistência e não se chocar de frente com uma situação que já exista – conflitos, mudanças, sentimentos próprios, sentimentos dos outros – simplesmente aceite a situação como ela e prossiga no seu caminho. No Aikido, quando alguém vem nos atacar (mudança) nos não confrontamos esta força. Em vez de ficar na linha de ataque, sendo agredido ou agredindo alguém, vamos nos colocar lateralmente a ele, viramos para aonde este alguém está indo e tentamos entender o ponto de vista desta pessoa. Esse ato, consequentemente, abrira a porta para o terceiro princípio, partilhe quem você e. E difícil partilhar quem você e quando você está em conflito ao que está ocorrendo. E difícil ser escutado por alguém que está falando. Qualquer que seja a emoção – fúria, frustração, entusiasmo, tristeza ou prazer – não se oponha estes sentimentos. Sejam eles seus ou de outra pessoa. Partilhe mais profundamente e sinta estes sentimentos totalmente. Se alguém reagir negativamente a uma sugestão, em vez de reagir contra ou tentar convencer a outra pessoa, entre em uma abordagem sem choque, de questionamento positivo. Pergunte por que a pessoa vê esta situação desta maneira. O que esta pessoa pensa ou sente pode ser uma solução melhor ou pode modificar sua sugestão para uma forma mais gratificante. Criar, estabelecer, praticar a abordagem ou relação sem resistência lhe colocara numa posição que possibilitara um trabalho conjunto mais criativo, sem desperdício de energia e harmonioso. Consequentemente, o ambiente estará propício a soluções positivas e criativas.

3 – Partilhe quem você é

O terceiro princípio é: partilhe quem você é. Faca sua contribuição. Cada um de nos tem uma grande e única visão do mundo. Cada um de nos traz algo especial para ser compartilhado. Todos nos valorizamos quando podemos fazer uma contribuição. e sendo nossa contribuição. valorizada pelos outros. Os dois primeiros princípios são pré-requisitos para o terceiro. Você precisa saber aonde esta significa que você está presente em seu estado de espírito e tudo que está em volta de você. Crie relações sem resistência – e o estado pessoal que lhe permite sair de estado ou ambiente de conflito, sem choque e entrar em uma área de união ou neutra. Sem choques ou resistência e consciente de si, toda sua energia poderá ser focalizada em criar mudanças positivas. O problema, normalmente, e que a maioria das pessoas vai direto para o terceiro princípio sem totalmente praticar os dois princípios iniciais. Qualquer resistência ao entrar em uma situação ira criar outras resistências adicionais a toda situação. Coloque-se em estado de consciência e sem resistência, sem bloqueios – atitude progressiva. A partir deste ponto você poderá fazer contribuições de valor para questão, problema ou situação. Finalmente, sinta aonde você está, crie relações sem conflitos e partilhe quem você é.