Raios o partam!

Raios que o Partam!! NUKI TSUKE

Nuki tsuke, a ação de cortar, é a mais importante da arte do Iai. O Iaido não é a arte de desembainhar a Katana rapidamente como um raio, é uma concepção errada, como todos aqueles preconceitos que são falsos sem a pratica pessoal. Há raio, rapidez somente quando o Katana está quase totalmente desembainhada. Aquele que pressente o ataque do adversário deve se preparar: sem indecisão, nem pressa, ele levanta os dedos do pé, aperta os joelhos ao se levantar, empurra a Tsuba com o polegar esquerdo e põe sua mão direita na Tsuka para desembainhar a Katana até o fim. Essas ações simultâneas se fazem num tempo muito breve, mas não tão rápido como um raio! O Katana deve ser retirado da Saya com uma aceleração progressiva até que somente a ponta (Kissaki) permaneça dentro da Saya. É neste momento, e somente neste momento, que a ponta do Katana deve ser rápida como um raio para deter a velocidade de ataque do inimigo. O Mestre Okada sempre insistia nessa ação: “o Katana tem que jorrar como uma fonte; no princípio, essa sai levemente, não é nada mais que um fio de água que acelera e incha com sua força própria, sua própria energia e jorra de maneira irresistível”. Erros que devem ser evitados: Puxar o katana com toda velocidade para jogá-lo, atira-lo o mais rápido possível em direção do adversário é muito perigoso, pois: a) a sua saya(bainha), com certeza, poderá estourar ou rasgar e; b) se for uma espada com fio, você cortará a sua própria mão! Tenha em mente, sempre pensar em vencer o adversário pelo espírito antes de vencê-lo pela técnica; atingir este desenvolvimento toma, necessariamente, certo tempo, portanto, treine, treine!!. Uma ameaça forte, imponente e perigosa para o adversário não deve ser feita rapidamente e com pressa. Ao contrário, deve ser uma ameaça lenta e que aumenta de maneira continua, avançando irresistível como uma onda, lenta, ampla e que vai acelerando ao aproximar-se da orla, grudada com a praia, e arrebenta nos penedos sem poder resistir. Visualize aquela onda em Maui, no Havaí, é assim que você deve praticar!!

--
Tradução de Nicolas Tissot – francês, pesquisador e praticante de Kenjutsu no Aizen Dojo- Brasília.
 

7 anos 11 meses atrás