Muso Shinden Ryu Iai

A Escola (Ryu)

A esgrima japonesa é composta por diferentes RYU que têm em comum fortes influências de concepções Zen e Xintoísta. São essas concepções que formam o corpo doutrinário de cada RYU, tornando-as distintas entre si, mesmo que algumas sejam muito parecidas quando comparadas em termos de técnicas. Exemplos: Muso Shinden Ryu, Muso Jikiden Hasegawa Eishin Ryu, Tamia Ryu, Shinkage Ryu, etc.

O kanji (ideograma) RYU, pronuncia-se "ryuu", quando usado na língua japonesa como sufixo pode significar: "estilo, moda, tipo, forma, maneira, escola, sistema, classe, ordem, taxa, posto, grau".

No caso das artes marciais clássicas, um nome terminado em "-ryu" designa uma doutrina marcial japonesa, cujos segredos foram desvendados ao seu fundador por uma entidade divina, através de sonho ou visagem. Pode se tratar também da expressão dessa doutrina como um sistema combativo.

Assim, uma RYU pode ser entendida como escola marcial japonesa fundada por uma pessoa excepcionalmente ímpar e cujos os fundamentos emanaram de fonte inspiradora divina, espiritual ou celestial. ¹

Existem várias RYU. Enquanto algumas abrangem combates com armas diversas, por exemplo, Tenshin Shoden Katori Shinto Ryu, outras se focalizam na esgrima, por exemplo, Keishi Ryu.

Atualmente uma das mais difundidas RYU de Iai é a Muso Shinden Ryu, fundada por Hakudo Nakayama, um gênio da esgrima japonesa.

O significado de Muso Shinden Ryu

  1. os dois primeiros kanji compõe a expressão "musou" que significa "sonho, visão";
  2. o terceiro (shin ou jin => "deus, divindade, espírito") e o quarto (den ou ten => "transmitido"). 
  3. o quinto kanji, que se pronuncia "ryuu" significa escola / estilo.
  4. o sexto e o sétimo kanji compõe a expressão "Iai", que se trata de um tipo de atitude na esgrima japonesa, onde a espada ainda na bainha é sacada apenas diante de um ataque iminente. É uma arte ardilosa de modo a iludir o(s) adversário(s) dando a falsa impressão de não se estar pronto para o combate. Caracteriza-se principalmente pelo constante espírito de prontidão.

Assim é possível traduzir Muso-Shinden-Ryu-Iai como uma escola de Iai (estado de prontidão) que foi:

  • "transmitida em sonho por divindade." ou
  • "inspirada por sonho divino." ou
  • "transmitida por visão divina."

Essa tradução serve apenas para se conhecer o contexto no qual uma arte marcial japonesa clássica, nesse caso uma escola de esgrima japonesa, tem sua fundamentação mitológica. A história da criação do Japão envolve divindades e espíritos. Não é diferente nas escolas antigas. A Muso Shinden Ryu Iai, tem sua criação baseada em mito como praticamente todas as escolas antigas. No entanto, as suas ténicas tinham um propósito bem concreto, derrotar o adversário. E isso não tem nada de mitológico. Por isso, recomendamos que se memorize o nome da escola como ele é originalmente, sem traduzir, pois se trata de um nome próprio de uma escola/estilo de luta.

Ela é composta de 3 níveis: Shoden (curso primário) com 12 formas, Chuden (curso intermediário) com 10 formas e Okuden (curso superior), este subdivide-se em: suwari-waza com 8 formas e tachi-waza com 13 formas.

As formas Shoden são apelidadas de Omori Ryu, pois são originárias dessa RYU, as Chuden de Eishin Ryu.

Em 1968, a Zen Nihon Kendo Renmei (Federação Japonesa de Kendô) sistematizou, inicialmente, um conjunto de 7 kata (formas), oriundas de diferentes RYU e o denominou Seitei Iai. Posteriormente, em 1980, ela incluiu mais três formas ao conjunto anterior.

Este conjunto de técnicas, o Seitei Iai, pode ser entendido como uma espécie de cômpito de algumas Ryu pois, no âmbito da Federação Japonesa de Kendô, independente de Ryu, para um iaidoca graduar-se deve, dominá-lo.

O Seite Iai também é pré-requisito para se principiar a prática da Muso Shinden Ryu. O Seitei Iai atualmente é um conjunto de formas extraídas das escolas Muso Shinden Ryu, Eishin Ryu e Hooki Ryu.

Algumas escolas (ryu) de Iai e seus fundadores:

  • Muso Jikiden Hasegawa Eishin ryu: Hayashizaki Jinsuke Minamoto Shigenobu
    (considerado o criador do Iaido, pois além de sistematizar a prática, foi o primeiro a usar o termo. Da sua escola muitas outras derivaram, dentre elas, as que se seguem abaixo:)
  • Omori Ryu: Roku Daiyu
  • Mugai-ryu: Tsugi Gettan
  • Muso-Shinden-ryu: Hakudo Nakayama

¹Para se aprofundar sobre o conceito de RYU consulte o texto de Wayne Moritomo: O que é um Ryu.

 

夢想神伝流 形目録 Musö Shinden Ryü Kata Mokuroku (Lista dos Kata MSR) 

初伝 Shoden

01 – Shohattö 初発刀 

02 – Satö 左刀

03 – Utö 右刀 

04 – Ataritö 当刀 

05 – In'yö-shintai 陰陽進退 

06 – Ryütö 流刀 

07 – Juntö 順刀 

08 – Gyakutö 逆刀 

09 – Seichütö 勢中刀

10 – Korantö 虎乱刀 

11 – Nukiuchi 抜打

12 – In'yö'shintai Kaewaza 陰陽進退 替業 

中伝 Chüden

01 –Yokogumo 横雲

02 – Toraissoku 虎一足

03 – Inazuma 稲妻

04 – Ukigumo 浮雲

05 – Yamaoroshi 颪

06 – Iwanami 岩浪

07 – Urokogaeshi 鱗返

08 – Namigaeshi 浪返

09 – Takiotoshi 滝落

10 – Nukiuchi 抜打

奥伝 坐業 Okuden Suwari Waza

01 – Kasumi 霞 かすみ

02 – Sunegakoi 脛囲 すねがこい

03 – Shihögiri 四方切 しほうぎり

04 – Tozume 戸詰 とづめ

05 – Towaki 戸脇 とわき

06 – Tanashita 棚下 たなした

07 – Ryözume 両詰 りょうづめ

08 – Torabashiri 虎走 とらはしり

奥伝 立業 Okuden Tachi Waza

01 – Yukizure 行連

02 – Tsuredachi (Rentatsu) 連達

03 – Sömakuri 惣捲

04 – Södome 総留

05 – Shinobu 信夫

06 – Yukichigai 行違

07 – Sodesurigaeshi 袖摺返

08 – Mon'iri 門入

09 – Kabezoi 壁添

10 – Ukenagashi 受流

11 – Oikakegiri 追掛斬

12 – Ryöshihikizure 両士引連

13 – Itomagoi (1, 2 e 3) 暇乞

(lista pra impressão - PDF)

.
.
NOTA: O Aizen Dojo adota as formas acima citadas (conforme Hakuo Sagawa Sensei nos ensinou), mas existem outras 5 listas das formas que são um pouco diferentes. Eis a planilha com as  6 versões das formas de Muso Shinden Ryu.

MSR genealogia