E então como faço?

Como unir Ki individual e ki Universal??

Para a pergunta de como uma pessoa realiza a união do ki do universo com o seu próprio ki, o trabalho harmonioso e a reação mútua de ambos, a resposta é através de treinamento e prática intensos. Isso faz da harmonia e do amor a essência do aikidô. Ambos estão no coração do aikidô. O Fundador considerava isso como sendo a essência última e a mais elevada verdade.

Para o praticante comum, uma tal abordagem filosófica pode parecer além da compreensão. Ele pode então buscar em exemplo mais prático da essência como manifestada nos próprios movimentos e técnicas. E, de fato, o Fundador não gostava de ensinar por palavras, e preferia que cada pessoa compreendesse a essência através do treino e da prática, como expressou no seu poema:

Ai-ki não pode ser esgotado
Pelas palavras escritas ou faladas.
Sem se dedicar a conversas vãs,
Compreenda através da prática.

Isso é idêntica à compreensão de que é impossível conhecer o segredo das espadas japonesas pela análise. Este pode ser conhecido apenas pessoalmente, através da experiência real. Todas as questões relacionadas ao coração e ao espírito humano são de idêntica natureza.

Quando o Fundador Ueshiba explicou a essência e a verdade do aikidô em termos práticos, foi geralmente através da poesia ou de discursos ocasionais aos seus discípulos, cujo número de jeito algum é pequeno. Desde que cada uma reflete apenas um aspecto de sua filosofia, eles podem ser passíveis de interpretações erradas, e portanto deveriam ser tratados com muito cuidado. Mas, para o benefício daqueles que possam estar interessados em uma amostra de seus poemas e discursos, alguns foram transcritos abaixo.

Dentre seus poemas, os seguintes podem ser instrutivos:

Atacando com uma longa espada,
O inimigo pensa que estou à sua frente.
Ah, atrás dele.
Já estou lá.

Mesmo que cercado
Por muitos inimigos prontos a atacar,
Lute com o pensamento
De que eles são apenas um.

Quando entrar em uma floresta de lanças
E elas cercarem você,
Lembre-se sua mente
É seu escudo protetor.

Com sua mão direita
Manifestando yang,
Sua mão esquerda manifestando yin,
Conduza seu oponente.

Quando o inimigo vem
Correndo para golpear você,
Desvie-se, evite-o
Imediatamente ataque e corte.

Por que você fixa seus olhos
Na espada oscilante?
Seu modo de pegar revela
Onde ele quer cortar.

Esses poemas, escritos no início de sua carreira, quando o Fundador estava no auge dos seus poderes, expressam a essência última do aikidô no campo de combate de vida ou morte. Nos anos posteriores, ele evitou usar a palavra “inimigo”, mas o pontos essencial da arte a ser praticada no dojô é, todavia, claro. A breve alusão quanto à essência do aikidô, como visto nessas poemas, deveria ser evidente aos praticantes regulares. As referências são feitas às entradas, rotação esférica, mão-espada, golpe direito e a confrontação de uma pessoa contra muitas. O ponto crucial é a atitude da mente. Citaremos algumas passagens dos discursos registrados pelos discípulos do Fundador em várias ocasiões.

Não olhe simplesmente nos olhos do oponente, porque eles absorverão sua mente. Não olhe apenas a espada do oponente, porque ela tirará se ki. Não olhe só para seu oponente, porque o ki dele controlará você. O treinamento da artes marciais é o treino do poder magnético em você mesmo para absorver o outro como ele é. E, por isso, tudo que necessito fazer é estar aqui.

Não se ponha em discussões técnicas sobre atacar antes o oponente. Participar delas é uma prova de que você esta excessivamente consciente do outro. No aikidô há um oponente, mas na realidade não há oponente. Porque o outro está unido com você; se você move como deseja, o outro também se move como você deseja. Então, se você se move de acordo com a sua vontade, o outro naturalmente obedecerá.

Qualquer pessoa deveria ser capaz de controlar uma outra com um dedo. A força humana está confinada a um círculo com o indivíduo no centro. A força não pode ir além desse círculo. Não importa o quanto um homem seja forte, uma vez que é estendido para fora de seu círculo, ele não tem poder. Se uma pessoa tenta controlar uma outra fora do seu círculo de poder, então, já que está sem poder, ele próprio poderia ser controlado mesmo com um pequeno dedo. Se uma pessoa pode se mover dentro do seu próprio círculo de poder e forçar o outro para fora do círculo dele, então a questão já está decidida.

A respiração verdadeira significa respirar em uníssono com o universo. Então a pessoa ganha o poder da natureza. Girando em espiral em direção à direita, a pessoa ascende. Girando em espiral em direção à esquerda, ela descende. Uma pessoa gira em espiral e em torno de um eixo livremente no céu e na terra. O ponto crucial é compreender totalmente o princípio do respirar-espiralar.

Esses comentários passageiros feitos pelo Fundador contêm a essência do aikidô. É fácil falar a respeito, e imensamente difícil de realizá-los na prática. E nós nunca devemos esquecer que o próprio Fundador chegou a uma interpretação filosófica somente depois de anos de prática e disciplina rigorosas.

Embora seja extremamente difícil demonstrar a essência última do aikidô sob o aspecto prático, nós podemos tentar isso voltando nossa atenção à técnica básica, shiho-nage ou o arremesso de quatro direções. Pode não ser possível discutir isso inteira e convincentemente por escrito, mas o nosso propósito aqui é entender o princípio básico dessa técnica que é inerente a certos movimentos da arte de manejar a espada. Os alunos do aikidô, é claro, sabem que muitos outros waza básicos têm estreita afinidade com o uso da espada.

--
Kishomaru Ueshiba do livro O espirito do Aikido
traduçao de J.F.Santos - Aizen Brasilia

11 anos 4 meses atrás