Carlos Emanuel dos Santos Paiva

A essência das Artes Marciais

Galos

Há muitos séculos atrás a China havia um imperador aficionado por briga de galos, a ponto de não perder nenhum espetáculo de rinha.

Conta-se que ele nutria um enorme desejo de possuir um daqueles galos, mas receava que se a ave viesse a perder uma luta sua autoridade imperial pudesse sair arranhada, em razão das chacotas do povo. O desejo e a paixão por briga de galos, entretanto, acabaram falando mais alto e o imperador recomendou que fosse gerada uma ave do cruzamento entre o melhor galo de briga da época com uma galinha de excelente porte.